Delegacia de Polícia da Comarca de Jaguaruna prende homem e mulher autores de roubo contra taxista da cidade de Tubarão

Delegacia de Polícia da Comarca de Jaguaruna prende homem e mulher autores de roubo contra taxista da cidade de Tubarão

Em 02/02/2024 um taxista da cidade de Tubarão/SC realizou uma corrida para um casal, que saiu da cidade de Tubarão rumo ao Balneário Esplanada, em Jaguaruna.

A corrida teve início por volta das 18h. Ocorre que chegando ao destino o casal suspeito solicitou que fossem levados para São Ludgero. Após, o casal solicitou ao taxista que retornasse ao Balneário Esplanada, em Jaguaruna/SC.

Durante o trajeto o taxista idoso (73 anos) foi golpeado pelo homem, suposto passageiro, com um “mata leão” e foi colocado no porta- malas do seu próprio táxi pelo casal.

O táxi foi abandonado na cidade de Jaguaruna, no canto sul do Balneário Esplanada, com o taxista idoso preso no porta malas em horário avançado da noite.

A vítima conseguiu abrir o porta-malas por volta das 4h do dia 03/03/2024, e aguardou a chegada do sol para pedir ajuda já que não sabia ao certo onde estava e o local era ermo.

O taxista teve o celular, o óculos de lente e mais cerca de dois mil e duzentos reais roubados pelo casal hoje preso. O casal ainda fez uso dos cartões de aproximação da vítima em comércios.

Três dias após o roubo investigado pela DPCo de Jaguaruna o mesmo casal executou ação semelhante contra uma mulher que atua como motorista de Uber na cidade de Orleans/SC, contudo, a mulher reagiu e acelerou o veículo para dentro de um posto de combustíveis e os suspeitos não lograram êxito na consumação do crime.

Há um mês os agentes de polícia do setor de investigação da DPCo de Jaguaruna procuravam pelos suspeitos, e na tarde de hoje houve êxito na localização da dupla em uma casa na área rural do Município de Içara/SC.

Os bens da vítima não foram recuperados devido ao tempo decorrido entre o crime, a identificação dos suspeitos e a prisão.

Os suspeitos foram interrogados, e foram encaminhados às respectivas unidades prisionais.

O inquérito policial será concluído no prazo legal.

Related posts

Leave a Comment