A Paz não se improvisa

Paiva Netto

A Paz não se improvisa. É resultado de muito esforço, dedicação, inteligência; de integração entre a humanidade da Terra e o Mundo Espiritual Elevado. Os mortos continuam vivos. Não morrem. E estão sempre dispostos a nos auxiliar. Cabe aqui este pensamento de Alcione Vilamil, que viveu no século 17: “Na obra de Deus, a Paz sem trabalho é ociosidade com usurpação”.

José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor. paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

Related posts

Leave a Comment